A IMPORTÂNCIA DO ACOMPANHAMENTO DOS PAIS NA VIDA ESCOLAR DOS FILHOS

Postado em 06/12/2018

A IMPORTÂNCIA DO ACOMPANHAMENTO DOS PAIS NA VIDA ESCOLAR DOS FILHOS

Os pais são os primeiros professores da criança e continuam desempenhando essa tarefa no decorrer dos anos; portanto, podem influenciar na aprendizagem que os filhos adquirem na escola, através de atitudes e valores que passam a eles. A colaboração da família é indispensável, pais que participam ativamente da educação dos filhos são os maiores responsáveis pelo bom desempenho deles em sala de aula.

Acompanhar o crescimento educacional da criança aumenta suas habilidades sociais e diminui a chance de ter problemas de comportamento.

No entanto, acompanhar a vida escolar não significa somente cobrar. É bem mais do que isso. É incentivar, dialogar, elogiar, ensinar, prestigiar, acompanhar e discutir. A cobrança é o último instrumento nessa parceria.

No momento em que a criança se sente escutada, amparada, prestigiada, tem mais estímulo para aprender e aproveitar todas as oportunidades que a escola promove.

A atenção dos pais para a vida escolar e pessoal dos filhos faz a diferença!

 

Outras Notícias

 

Como ensinar seu filho a lidar com a frustração?
Postado em 13/12/2018

Perder no jogo, tirar notas baixas na escola, não ter o brinquedo que quer. Sentir-se frustrado não é exclusividade dos adultos: a decepção faz parte da vida das crianças e tem papel importante no desenvolvimento delas. Embora nenhum pai queira ver seu fi...
leia mais »

8 aprendizados que a disciplina traz ao seu filho
Postado em 29/11/2018

* Ter facilidade no relacionamento interpessoal - Ele vai saber ceder, negociar, lidar com a necessidade do outro.

* Ser mais equilibrado e responsável - Aprendendo a lidar com frustrações desde cedo, ele terá mais controle d...
leia mais »

Violência física e emocional na infância eleva chance de vícios na vida adulta
Postado em 22/11/2018

Estudo mostra que maus tratos na infância também triplica o risco de depressão na criança

Um estudo da Universidade de Queensland, na Austrália, descobriu que o abuso infantil físico e emocional pode até triplicar o risco de uma crian&cced...
leia mais »